Fundação Telefonica - Vivo

Visões de Futuro +15

SUS

Terapias alternativas são incluídas no Sistema Único de Saúde brasileiro.

A partir de março de 2017, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece terapias alternativas, como meditação, arteterapia, reiki, musicoterapia, e tratamento quiroprático.  Cada vez mais, a busca do bem-estar abre espaço para tratamentos que ultrapassam a medicina convencional.

Saiba mais:

  • Paralelamente às práticas de terapias alternativas, em geral baseadas em culturas tradicionais e transmitidas por gerações através do conhecimento popular, o mundo tem experimentado também a emergência de práticas irracionais que contrariam grosseiramente a ciência médica, podendo colocar em risco a Saúde Pública. Segundo o Mapa de Doenças elaborado pelo Council on Foreign Relations (organização independente especializada em política internacional, com sede nos Estados Unidos) estão aumentando os surtos de coqueluche e de sarampo nos Estados Unidos e no Reino Unido, situação que os especialistas atribuem à diminuição da cobertura vacinal. (Fonte: https://www.cfr.org/interactives/GH_Vaccine_Map/).
  • Esse movimento de pais que encaram com desconfiança o grande número de vacinas dadas nos primeiros meses de vida do bebê e optam por adiá-las, ou mesmo eliminá-las, começa a chegar também no Brasil.
  • Segundo a edição de setembro de 2016 da revista da Academia Americana de Pediatria, o movimento de não imunização ganhou força a partir de um estudo científico fraudulento, publicado em 1998, na prestigiosa revista The Lancet, que relatava casos de autismo provocados pela aplicação da vacina tríplice (caxumba, sarampo, rubéola). A fraude foi desmascarada e o autor do estudo foi proibido de praticar a medicina.

http://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2017-01/meditacao-arteterapia-e-reiki-serao-oferecidas-pelo-sus

Sinais de Estado, Política e Representatividade